quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Projeto Cecília Meireles # 4

Nesta 4ª semana do projeto que une poesia e scrap, transcrevo o poema Eternidade Inútil, assim começa: Até morrer estarei enamorada de coisas impossíveis. É outro poema que representa a minha essência. Cecília viveu sua infância segundo as biografias entre o silêncio e a solidão, quando leio os seus escritos fico pensando o quanto estes elemntos são importantes para o processo criativo.
Fiz minha página bem simples, aqui quem brilha é o texto. Cortador de borda, estrelas e hidromiçanga.
O projeto é proposta de Carol Sorelli em seu blog
Arte em Papel.

2 comentários:

Babi Kind disse...

Oi Gil,

Verdade, né? Algumas pessoas simplesmente conseguem trasformar a dor e um problema em poesia, música e arte.

Aguardo mais novidades... Suas e da Cecília. Rsss

Vanine Lins disse...

Simplesmente linda a poesia e o seu LO. Beijos